Rippling nas mamas: Você sabe o que é?
Pode acontecer com quem já colocou silicone nos seios, mas não precisa se preocupar, não é grave e tem solução!
Pode acontecer com quem já colocou silicone nos seios, mas não precisa se preocupar, não é grave e tem solução!
Redação Por Redação 29/03/2018
    Compartilhe:

Quando enfim procuramos um profissional para fazer uma cirurgia plástica é porque pensamos muito a respeito sobre fazer ou não o procedimento. E nessa reflexão, sempre bate aquele medo de: e se der errado? Afinal é uma cirurgia, por mais simples que seja realizada hoje em dia. E a prótese de silicone nos seios, a mais procurada em todos os consultórios do mundo, também oferece riscos. Muitos desconhecem, mas se chama: Rippling.

Rippling é quando surgem ondulações visíveis ao redor da prótese após a cirurgia de mamoplastia de aumento. É o que explica o cirurgião plástico do Rio de Janeiro Felipe Magno. “Essa condição não traz nenhum dano a saúde da paciente, mas é preciso ser tratada mesmo que por razões estéticas”, explicou.

Segundo o especialista, o reparo é relativamente fácil e o Rippling não é nenhuma condição grave. Então, se isso aconteceu com você, não se desespere! “O reparo normalmente tem como objetivo dar uma melhor cobertura à prótese, seja mudando o plano em que foi colocada ou por enxerto de gordura no local”, disse a cirurgiã Renata Wanick.

Apesar de não ser uma condição recorrente, o Rippling nas mamas pode acontecer com qualquer pessoal que tenha colocado silicone nos seios. Para garantir uma boa cirurgia e um resultado satisfatório, escolha sempre um profissional registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para a realização de qualquer procedimento.

Comente com o facebook

Publicidade