Rio lança mapa de áreas mais suscetíveis a inundações no Estado
Estudo permitirá identificar possíveis ameaças e cenários críticos mês a mês de modo a fundamentar a tomada de decisões técnicas
Estudo permitirá identificar possíveis ameaças e cenários críticos mês a mês de modo a fundamentar a tomada de decisões técnicas
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 05/09/2020
    Compartilhe:

Utilizando a base de dados dos últimos 23 anos, a Defesa Civil Estadual (Sedec-RJ) mapeou as áreas com maior suscetibilidade a inundações no Estado do Rio de Janeiro. O estudo permitirá identificar possíveis ameaças e cenários críticos para cada mês do ano, de acordo com a sazonalidade, de modo a fundamentar a tomada de decisões técnicas.

O trabalho, realizado pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Defesa Civil (Cepedec) com apoio do Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden-RJ), também faz uma estimativa da população afetada por este tipo de evento em cada época do ano – colaborando para a gestão de desastres e favorecendo as ações de prevenção.

“Com estes documentos, os gestores públicos podem implantar medidas estruturais visando prevenir os desastres e problemas decorrentes de inundações ou mesmo sua ocorrência, desenvolver planos de contingência e políticas públicas que protejam as populações potencialmente afetadas”, destacou o coronel Marcelo Hess, subsecretário de Estado de Defesa Civil.

Há três níveis de ameaça: baixa, média e alta. O período de novembro a março apresenta extensas áreas suscetíveis.

Comente com o facebook

Publicidade