Rede Sarah abre seleções para Brasília e RJ - salário de R$ 13,6 mil
As chances são para quem tem nível superior de formação. A seleção será composta por quatro fases, mas apesar da exigência é muito disputada.
As chances são para quem tem nível superior de formação. A seleção será composta por quatro fases, mas apesar da exigência é muito disputada.
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 07/11/2019
    Compartilhe:

A Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação está com dois processos seletivos abertos para contratação de oito profissionais de nível superior. As chances são para Brasília e Rio de Janeiro. O salário é de R$ 13.675,28, para 44 horas semanais de trabalho. 

São três chances para analistas de informática em Brasília e uma no Rio de Janeiro, cargo que pode ser disputado por quem tem graduação em ciência da computação, sistemas de informação, engenharia de software, engenharia da computação ou engenharia de redes, comprovada por meio de diploma emitido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou ainda para quem tem graduação nas áreas de ciências exatas ou demais engenharias, acompanhada de curso de pós-graduação strictu sensu (mestrado ou doutorado) na área de tecnologia da informação, comprovada por meio de certificado emitido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

É necessário ainda seis meses de experiência profissional em desenvolvimento de software, comprovada em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ou em declaração original. 

Outras quatro chances, sendo duas para Brasília e duas para o Rio de Janeiro, são para biomédicos.

Podem concorrer graduados em biomedicina, ou em cursos cujas denominações constem na Resolução nº 92, de 14 de março de 2003, comprovada por meio de certificado emitido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC; pós-graduação em diagnóstico por imagem ou imagenologia ou título válido de especialista em biomedicina - imagenologia, emitido pela Associação Brasileira de Biomedicina (ABBM); registro no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM); habilitação do CRBM nas áreas de imagenologia, radiologia e/ou biofísica; além de seis meses de experiência profissional como biomédico, em ressonância magnética, comprovada em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ou em declaração original. 


Provas 

A seleção vai contar com: 

 

  • prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, valendo 100 pontos; 
  • prova prática, de caráter eliminatório e classificatório, valendo 100 pontos; 
  • prova discursiva, de caráter classificatório, valendo 100 pontos; e 
  • treinamento, de caráter eliminatório, ao qual serão submetidos somente os candidatos habilitados e classificados nas etapas já citadas. 

 

A prova objetiva será composta de um total de 60 questões, sendo 40 questões de conhecimentos específicos, 10 questões de língua portuguesa, seis questões de matemática e de raciocínio lógico e quatro questões de ética. Serão habilitados nesta etapa os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 70 pontos. 

Já prova discursiva consistirá de duas questões sobre conhecimentos específicos da área relacionados ao exercício profissional, a serem respondidas em, no máximo, 20 linhas cada. 

 

Reprodução/Rede Sarah
Cronograma da seleção da Rede Sarah

 

As inscrições serão aceitas de 11 a 20 de novembro, pelo site www.sarah.br. A taxa custa R$ 120. 

 

Seleção pública 

O ingresso de profissionais na Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação ocorre exclusivamente, mediante aprovação em processo de seleção pública, como prevê a Lei nº 8.246, de 22 de outubro de 1991, que criou a Associação das Pioneiras Sociais. 

A APS é uma instituição qualificada como serviço social autônomo, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, de interesse coletivo e de utilidade pública e encontra-se desvinculada da Administração Pública. O presente processo seletivo é realizado no intuito de atender à transparência na contratação e não se confunde com concurso público previsto no artigo 37, inciso II da CF/1998, não acarretando, portanto, qualquer tipo de estabilidade ou vantagem do setor público. 

O prazo de validade deste processo será de um ano, contado a partir da data de divulgação do resultado da aprovação e classificação nas provas deste processo, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério da APS. 

Não há reserva de vagas a candidatos com deficiência para provimento imediato neste processo seletivo em virtude do quantitativo de vagas oferecidas. Somente haverá reserva de vagas para os candidatos com deficiência quando o surgimento de número de vagas for igual ou superior a cinco, durante o prazo de validade do processo seletivo. É garantida a participação da pessoa com deficiência no processo seletivo em igualdade de condições com os demais candidatos, na medida em que haja compatibilidade entre as atribuições do cargo pleiteado e a deficiência informada. 

Comente com o facebook

Publicidade