Raquel Dodge pede a condenação de Gleisi Hoffmann
Segundo a procuradora-geral da República, Gleisi cometeu crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Segundo a procuradora-geral da República, Gleisi cometeu crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Créditos do fotógrafo reprodução / internet

Marcio Azevedo Por Marcio Azevedo 01/11/2018
    Compartilhe:

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu a condenação da Senadora petista Gleisi Hoffmann, no âmbito da lava jato. Para a PGR, Gleisi cometeu crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Dodge quer ainda que Gleisi devolva quatro milhões de reais aos cofres públicos e perca o mandato. A procuradora-geral afirma ter fixado, para o pagamento por danos morais e materiais pelos crimes, o valor de 4 vezes a propina que teria sido solicitada. Segundo Dodge, o prejuízo provocado pela corrupção é difícil de ser quantificado.

A manifestação foi apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal) nas alegações finais da procuradoria, entregues no processo contra Gleisi e Paulo Bernardo, marido de Gleisi. A senadora, que também é presidente do PT, afirma que não há provas contra ela.

Ainda segundo a procuradora-geral, A senadora, expoente de seu partido político, locupletou-se dolosamente de todo um esquema de ilegalidades praticados na Petrobras e, também por isso, deixou de cumprir com seu dever de fiscalização.

Lembrando que Gleisi Hoffmann já havia sido citada na delação da Odebrecht, com os codinomes "Coxa" e "Amante"

Comente com o facebook

Publicidade