Polícia identifica 257ª vítima de rompimento em Brumadinho
257 pessoas já foram identificadas e 13 estão desaparecidas. A barragem I se rompeu no dia 25 de janeiro deste ano.
257 pessoas já foram identificadas e 13 estão desaparecidas. A barragem I se rompeu no dia 25 de janeiro deste ano.
Caio Machado Por Caio Machado 03/12/2019
    Compartilhe:

A Polícia Civil identificou o corpo da 257ª vítima do rompimento da barragem de Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, Belo Horizonte.

A vítima é o funcionário da Vale Max Elias de Medeiros, de 37 anos. A identificação foi feita por DNA. Seus segmentos chegaram ao instituto médico legal em 11 de novembro.

Max era volante no time de futebol amador Canto do Rio Futebol Clube de Brumadinho. Ele trabalhava no momento do desastre.

O Corpo de Bombeiros disse que localizou três novos segmentos e um objeto pessoal na lama de Brumadinho nesta segunda-feira. Os fragmentos foram encaminhados para a Polícia Civil, onde serão analisados para saber se pertencem a uma nova vítima do rompimento da barragem.

Comente com o facebook

Publicidade