Operação integrada contra esgotos clandestinos foi realizada na Barra da Tijuca
A Operação aconteceu no Complexo Lagunar de Jacarepaguá e a intenção foi flagrar irregularidades
A Operação aconteceu no Complexo Lagunar de Jacarepaguá e a intenção foi flagrar irregularidades
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 12/09/2020
    Compartilhe:

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) conjuntamente com a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas), a Superintendência Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Sicca) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizaram nesta sexta-feira (11/09) uma operação contra atividade poluidora no sistema lagunar da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

O objetivo da ação era flagrar possíveis despejos irregulares de esgoto de condomínios, empresas de grande porte e residências da região. Um homem acabou sendo preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, durante um cumprimento de mandado de busca e apreensão. 

O homem é suspeito de integrar uma organização criminosa apontada como responsável pela exploração imobiliária na Ilha da Gigoia, na Barra da Tijuca, que promove a construção clandestina de prédios e causa degradação ambiental.

Com ele, foram apreendidas armas de fogos, faca, toucas ninjas, telefones celulares e diversas anotações, que serão analisadas pela equipe policial.

Na ação, quatro locais foram vistoriados. Destes, um foi autuado por despejo irregular de efluente sanitário na lagoa. A operação prosseguirá ao logo das próximas semanas.

Comente com o facebook

Publicidade