NASCE UMA ESTRELA: Musical protagonizado por Lady Gaga estreia hoje no Brasil
Remake pode garantir à cantora uma indicação ao Oscar
Remake pode garantir à cantora uma indicação ao Oscar

Créditos do fotógrafo Reprodução

Bruno Alexandre Por Bruno Alexandre 11/10/2018
    Compartilhe:

Depois de tanta espera, finalmente chega aos cinemas brasileiros o remake do clássico Nasce uma Estrela, estrelado por Lady Gaga e dirigido por Bradley Cooper.

Por um lado, a cantora pop ganha a oportunidade de mostrar seu lado como atriz dramática em uma performance que provavelmente lhe dará uma indicação ao Oscar. Por outro, Cooper surpreende o público como diretor, além de se transformar em um roqueiro para o longa – conquistas que podem também lhe render algum prêmio da Academia.

A previsão não é em vão: todas as versões anteriores da história receberam indicações à maior premiação do Oscar, da versão de Janet Gaynor e Frederick March, em 1937, até as de Judy Garland e James Mason, em 1955, e a de Barbra Streisand, em 1976.

O longa retrata a história de amor de Ally e Jackson. Enquanto ela ascende em sua carreira de cantora, ele vê seu sucesso como roqueiro se esvair devido a problemas com o álcool. Segundo Cooper, a performance de Gaga era exatamente o que ele buscava para o longa. “Ela me veio à mente porque acreditava em mim. Acho que essa é a chave. É aí que você aprende e cresce”, defendeu ele em Veneza. A escolha foi acertada: o que se vê na tela é pura química.

Comente com o facebook

Publicidade