Nahim se defende após prisão: "Não fui criado para agredir ninguém"
Nahim ficou preso por uma semana no início de abril
Nahim ficou preso por uma semana no início de abril
Caio Machado Por Caio Machado 17/05/2019
    Compartilhe:

Nahim ficou preso por uma semana no início de abril, no Centro de Detenção Provisória de Pinheiros, na zona Oeste de São Paulo. O cantor havia descumprido decisão judicial, que prevê o afastamento da ex-mulher em um raio de 100 metros.

“Quando a gente fala prisão, você pensa logo naquela coisa escura, cheia de teias de aranha, não é bem assim. É um sistema carcerário, você perde a liberdade de ir e vir, mas é muito bem organizado. É sério. Onde fiquei no CDP de Pinheiros”, contou durante o programa Luciana By Night, na Rede TV!. Nahim disse que chegou a cantar para alguns fãs dentro da prisão. “Cantei, eles pediram”, relatou o artista, que recebeu um habeas corpus para responder o processo em liberdade.

A confusão começou quando Nahim decidiu se aproximar dos cachorros na casa da ex-mulher.

“Eu morava na casa que pertencia a mim e minha ex-mulher, com quem fui casado por 25 anos. Me separei dela em 2006, mas os via todo dia, como filhos. A gente não fez a partilha dos bens, foi um erro. Eu tinha a chave e não tinha hora para pegá-los. Quando entrei no reality show (A Fazenda), ela fez um boletim de ocorrência na lei Maria da Penha com uma picuinha de injúria. Falou que eu a chamei de ‘velhinha’, o que não é verdade”, explicou.

Para o cantor, a ex-mulher exagerou na denúncia.

“Eu não fui criado por dona Faustina, minha mãe, para agredir ninguém, muito menos mulher”, disse.

No processo, a juíza decidiu que ele poderia buscar os cachorros todos os dias, desde que avisasse com 24 horas de antecedência. De acordo com Nahin, o mesmo documento previa que ele não poderia se aproximar da ex-mulher.

“Na volta dos passeios, ela me filmava escondida atrás de carro dizendo que eu me aproximei”, alegou durante entrevista para Luciana Gimenez.

Comente com o facebook

Publicidade