Michael Schumacher estaria apresentando melhoras
Após meses de coma e diversas cirurgias, o campeão finalmente estaria mostrando alguns progressos, afirmou o amigo Ross Brawn
Após meses de coma e diversas cirurgias, o campeão finalmente estaria mostrando alguns progressos, afirmou o amigo Ross Brawn
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 30/12/2017
    Compartilhe:

Ross Brawn, amigo do ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher, e executivo da Formula 1,  resolveu romper o silêncio sobre o estado de saúde do alemão. 

Schumacher que em 2013 sofreu um acidente de esqui que o deixou em coma por vários meses, ja se submeteu a diversas cirurgias. Ross afirmou que, o campeão finalmente estaria mostrando alguns progressos.

"A família decidiu conduzir a sua recuperação de maneira privada, e eu devo respeitar isso. Existem sinais encorajadores e nós rezamos todos os dias para ver mais sinais como esses", declarou Brown à BBC Sport. Amigo pessoal de Shumacher, ele chegou a ser seu chefe  na Benetton e na Ferrari.

A maior parte da especulação do estado de saúde do ex-piloto estaria equivocada, na opinião do dirigente. “Tudo o que podemos fazer é rezar e ter esperança de que continuemos a ver progresso e que, em um dia, possamos vê-lo recuperado das terríveis lesões que sofreu”, completou na entrevista.

O advogado da família de Shumacher, Felix Damm, também havia declarado recentemente à Justiça alemã que o heptacampeão mundial não consegue caminhar, mesmo com o auxílio de médicos e terapeutas. Damm, que visita frequentemente o seu cliente, resolveu se manifestar após uma revista, a Buntle, divulgar que o competidor conseguia caminhar e levantar os braços com ajuda profissional.

A porta-voz oficial da família, Sabine Kehm, também declarou que o relatório apresentado pela publicação não era verdadeiro. “Tamanha especulação é irresponsável porque dá falsas esperanças para muitas pessoas envolvidas", teria dito a assessora, segundo o portal IG.

Após longos meses hospitalizado devido ao acidente de esqui nos alpes franceses, Michael Shumacher está em casa com a família desde 2014, onde recebe cuidados médicos a tempo integral.

Comente com o facebook

Publicidade