Lutador de MMA foi assassinado na frente do filho de 9 anos
O crime ocorreu no Brasil, no estado do Pará
O crime ocorreu no Brasil, no estado do Pará

Créditos do fotógrafo reprodução do facebook do atleta

Ricky Rocha Por Ricky Rocha 03/04/2018
    Compartilhe:

Vivemos uma época muito violenta e trágica. O lutador de MMA, Adriano Sylberth, foi morto dentro de sua residência, em Belém do Pará.

O crime aconteceu na madrugada dessa terça e está sendo investigado pela Divisão de Homicídios do estado.

Segundo informações, Adriano Mamute, como era conhecido, foi assassinado diante da mulher e de seu filho, de 9 anos.

Segundo a polícia, os criminosos chegaram à casa de Adriano por volta das 23h30 de ontem e bateram na porta dos fundos. Ao abrir a porta, o lutador foi perseguido pelos três homens armados e assassinado no quarto, onde estavam a esposa e o filho de 9 anos do atleta.

Ainda segundo o relato da polícia, os criminosos levaram os celulares de Adriano e da esposa. Ao saírem da casa, os criminosos perceberam que Adriano ainda estava vivo e voltaram para o quarto, onde desferiram facadas no lutador.

Além de lutador, Adriano era eletricista naval e tinha emprego fixo.

Ele não era usuário de drogas nem estava envolvido com crimes, segundo os policiais.

Uma das linhas de investigação é a possibilidade de execução. 

Comente com o facebook

Publicidade