Lindbergh Farias tem os direitos políticos suspensos
Além da suspensão dos direitos políticos, Lindbergh também foi condenado ao pagamento de uma multa equivalente a 48 vezes o salário atual do prefeito.
Além da suspensão dos direitos políticos, Lindbergh também foi condenado ao pagamento de uma multa equivalente a 48 vezes o salário atual do prefeito.
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 06/11/2019
    Compartilhe:

A 2ª Vara Cível de Nova Iguaçu determinou a suspensão dos direitos políticos do ex-senador Lindbergh Farias (PT) por improbidade administrativa.

Durante o governo do ex-senador, a prefeitura de Nova Iguaçu distribuiu remédios marcados com a logomarca da gestão Farias, um sol estilizado, e não o símbolo oficial do município. A conduta levou à ação civil pública proposta pela 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Nova Iguaçu, do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

Em vídeo publicado pelas redes sociais, Lindbergh classificou a decisão como "absurda" e que irá recorrer da suspensão de seus direitos políticos. "É revoltante o grau de partidarização da Justiça brasileira", afirmou. 

Só para relembrarmos, Nova Iguaçu foi a cidade em que o político foi prefeito entre os anos de 2005 e 2010.

Além da suspensão dos direitos políticos, Lindbergh também foi condenado ao pagamento de uma multa equivalente a 48 vezes o salário atual do prefeito.

Comente com o facebook

Publicidade