Homem processa Adobe após perder 100 mil arquivos por bug
Dave Cooper está processando a Adobe após um bug no programa Adobe Premiere Pro ter deletado cerca de 100 mil arquivos de vídeo de seu computador, incluindo conteúdo que nunca foi editado ou acessado
Dave Cooper está processando a Adobe após um bug no programa Adobe Premiere Pro ter deletado cerca de 100 mil arquivos de vídeo de seu computador, incluindo conteúdo que nunca foi editado ou acessado
Caio Machado Por Caio Machado 14/11/2018
    Compartilhe:

Dave Cooper está processando a Adobe após um bug no programa Adobe Premiere Pro ter deletado cerca de 100 mil arquivos de vídeo de seu computador, incluindo conteúdo que nunca foi editado ou acessado utilizando o programa Premiere.

De acordo com o processo, o problema teria acontecido com a versão 11.1.0 do Premiere Pro CC 2017 e estaria relacionado à ferramenta de limpeza do cachê do programa. Ele diz que ao usar essa função, todos os milhares de arquivos foram apagados do computador. Cooper estima que o valor dos vídeos, contabilizando custos de filmagem e edição, fique em torno de US$ 250 mil.

No ano passado, a Adobe reconheceu a existência desse problema e recomendou que usuários dos seus programas mantivessem a pasta “Media Cache” em um local separado dos arquivos de vídeo originais.

Mesmo com o aviso, a versão do programa com o bug foi utilizada pelos usuários durante um mês, período que a empresa levou para soltar uma atualização. Tudo indica que foi nessa época que o problema aconteceu. Cooper e seus advogados tentaram fechar um acordo com a companhia antes de entrar na justiça, mas a Adobe recusou a tentativa.

Comente com o facebook

Publicidade