Helloween integra line-up do Palco Mundo em dia de Cidade do Rock dedicada ao metal
O grupo de Heavy Metal se apresenta no lugar de Megadeth no dia 04 de outubro
O grupo de Heavy Metal se apresenta no lugar de Megadeth no dia 04 de outubro
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 24/06/2019
    Compartilhe:

A organização do Rock in Rio acaba de anunciar a banda alemã Helloween no Palco Mundo.

A apresentação será mais que especial para os fãs que este ano foram presenteados com um dia inteiro de Cidade do Rock dedicada ao heavy metal. O dia foi o primeiro a ter os ingressos esgotados durante a venda oficial, em abril, e trará, entre outros nomes: IRON Maiden, Scorpions, Sepultura e, ainda, Slayer, no Palco Sunset, com o último show da turnê de despedida. Helloween substitui a banda Megadeth, que cancelou recentemente todos os shows de 2019 após Dave Mustaine, vocalista e guitarrista, ser diagnosticado com um câncer de garganta. 

Helloween, que já esteve na edição 2013 do evento no Palco Sunset, é pioneira no estilo Power Metal. Atualmente estão com sua lendária formação e será desta forma que virão ao Rock in Rio: Kai Hansen (guitarra e vocal), Michael Kiske (vocal),   Andi Deris (vocal), Dani Loeble (bateria), Sascha Gerstner (guitarra), Michael Weikath (guitarra) e Markus Grosskopf (baixo).  Com mais de 30 anos de carreira, eles já lançaram 15 álbuns de estúdio e outros três ao vivo alcançando a marca de mais de 8 milhões de discos vendidos em todo o mundo e conquistando 14 discos de ouro e seis de platina. Recentemente, a banda encerrou a famosa turnê mundial Pumpkins United e há uma promessa para o público de lançamento de DVD/Blu-Ray e Live CD em outubro.  

O Rock in Rio 2019 acontece nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro de 2019, na Cidade do Rock, na Barra da Tijuca (Parque Olímpico — Av. Salvador Allende, s/n).

Sobre o Rock in Rio  

O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985, nasceu com a missão de transformar as pessoas e o mundo a partir da música. Após 34 anos, o evento é parte relevante da história da música mundial e uma plataforma de comunicação que amplifica discursos e usa o poder de sua marca como força motriz para atingir seu compromisso na construção de um mundo melhor.  

 O poder de alcance do Rock In Rio tem números impactantes. O evento já soma 19 edições, 112 dias e 2.038 atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 9,5 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock. Em 2017, 143 milhões de pessoas foram alcançadas por conversas espontâneas sobre o Rock in Rio e, somente durante os dias de evento, foram 41,9 milhões de visualizações de vídeos nas redes. Nascido no Rio de Janeiro, o Rock in Rio conquistou não só o Brasil como, também, Portugal, Espanha e Estados Unidos, sempre com a ambição de levar todos os estilos de música aos mais variados públicos. 

 Consciente do poder disseminador da marca, o Rock in Rio pauta-se por ser um evento responsável e sustentável. Em 2001, reafirmou seu compromisso de mostrar às pessoas que pequenas atitudes do dia a dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis. Gerou 212,5 mil empregos diretos e indiretos em todas edições, mais de R$ 100 milhões investidos em causas e a construção de um legado positivo para as cidades por onde passa - formou 3.200 jovens no ensino fundamental, no Rio de Janeiro; colocou 760 painéis solares em escolas públicas, em Portugal; e montou 14 salas sensoriais em ONGs para atender crianças com deficiências mentais e visuais. Os investimentos são provenientes da venda de ingressos e de ações promovidas junto aos parceiros. 

 Em 2016, foi a vez de anunciar o projeto do Rock in Rio Amazonia Live, que já garantiu a restauração de mais de 73 milhões de árvores e acontece em todas as edições do evento até 2019. Além disso, desde 2006, o Rock in Rio se compromete a compensar 100% das emissões de CO2 do evento — com auditoria da Delloite — e investiu num plano de redução de emissões, que incluiu a elaboração de um manual de boas práticas para patrocinadores e fornecedores, o qual vem sendo aperfeiçoado a cada edição e é utilizado até hoje em todos os países onde é realizado. 

   

Comente com o facebook

Publicidade