Haddad diz que Moro fez "bom trabalho no geral", mas pecou na condenação de Lula
O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), criticou a atuação do juiz Sergio Moro na condução da operação Lava-Jato
O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), criticou a atuação do juiz Sergio Moro na condução da operação Lava-Jato

Créditos do fotógrafo Reprodução

Daiane Siquelli Teófilo Por Daiane Siquelli Teófilo 18/10/2018
    Compartilhe:

Em entrevista ao SBT, na noite desta quarta-feira (17), o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, disse que o juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, no geral, fez um bom trabalho na condução da Lava-Jato, mas cometeu equívocos ao soltar delatores e condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril em Curitiba.

Na entrevista ao SBT, disse que o juiz, 'em geral', ajudou o país, mas que sua atuação no processo do ex-presidente Lula incorreu em erro; Haddad também criticou a soltura prematura de empresários acusados de corrupção mediante delações frágeis; o candidato à presidência resumiu: "no geral, o saldo é positivo, mas há reparos".

Questionado pelo jornalista Carlos Nascimento se pretende endurecer o combate ao crime, Haddad disse que pretende diminuir o peso sobre os Estados e contratar mais policiais federais para combater o crime organizado.

Haddad voltou a falar de pontos de sua gestão como ministro da Educação no governo Lula, citando a criação do ProUni, o fim da necessidade de fiador para aderir ao Fies e a implementação de polos de universidades federais em cidades do Brasil e de escolas técnicas em cidades médias, "para estimular o ensino médio e profissionalizante"

Haddad disse que seu adversário na disputa está divulgando notícias falsas sobre seus livros publicados, usando as capas das publicações, mas "mudando o miolo", acrescentando obras de terceiros.

"Estou querendo denunciar aqui outra pratica do meu adversário. Ele colocou um vídeo dizendo que sou dono de uma Ferrari, sendo que nem carro eu tenho. Ando de metrô, de ônibus de bicicleta e de Uber."

Comente com o facebook

Publicidade