Hackers alteram dados de cidadãos para ‘óbito’ no sistema do SUS
Hackers estão invadindo o sistema de Cadastro Nacional de Usuários do Sistema Único de Saúde para alterar dados pessoais de cidadãos
Hackers estão invadindo o sistema de Cadastro Nacional de Usuários do Sistema Único de Saúde para alterar dados pessoais de cidadãos
Caio Machado Por Caio Machado 15/06/2019
    Compartilhe:

Hackers estão invadindo o sistema de Cadastro Nacional de Usuários do Sistema Único de Saúde para alterar dados pessoais de cidadãos. Além da possibilidade de mudar o nome próprio da pessoa e de familiares, os invasores também incluem uma data de óbito.

O acesso não permite apenas a inclusão da data de óbito, mas também o roubo de dados pessoais

Não é novidade que o Cadastro Nacional é invadido: logins são repassados e vendidos aos montes pela internet. Revelamos em 2015 como é fácil obter entradas para esse e outros sistemas na reportagem “#BrasilExposed: a crise de segurança na internet brasileira”. Normalmente, esses acessos são vendidos com o nome de “consulta” por meio de redes sociais, aplicativos e até sites especializados.

O Cadastramento Único de Saúde é uma ferramenta online que foi desenvolvida para que o governo e seus agentes saibam o que acontece e tudo que é relacionado ao SUS. Por lá, médicos podem buscar dados de pacientes, hospitais e remédios, por exemplo.

Comente com o facebook

Publicidade