Fernanda Torres estreia peça hoje no Teatro XP Investimentos
Depois de diversas temporadas elogiadas nas principais capitais brasileiras e uma em Portugal, a peça está de volta ao Rio de Janeiro para curta temporada, no Teatro XP Investimentos, nos dois primeiros finais de semana de novembro. Na
Depois de diversas temporadas elogiadas nas principais capitais brasileiras e uma em Portugal, a peça está de volta ao Rio de Janeiro para curta temporada, no Teatro XP Investimentos, nos dois primeiros finais de semana de novembro. Na

Créditos do fotógrafo Luciana Prezia

Erre Soares Por Erre Soares 01/11/2019
    Compartilhe:
Depois de diversas temporadas elogiadas nas principais capitais brasileiras e uma em Portugal, a peça está de volta ao Rio de Janeiro para curta temporada, no Teatro XP Investimentos, nos dois primeiros finais de semana de novembro. Na montagem, Fernanda Torres interpreta uma libertina baiana sexagenária, que conta as inúmeras experiências sexuais que teve ao longo de sua vida. O espetáculo, que está há 15 anos em cartaz, já levou mais de 800 mil espectadores ao teatro. 
 
A Casa dos Budas Ditosos é um livro escrito na primeira pessoa, com o depoimento de uma mulher que deseja dizer ao mundo que ousou cumprir sua vocação libertina e foi feliz, e que não há danação na luxúria. Para viver a personagem, o diretor Domingos de Oliveira pensou que precisava de alguém que soubesse transitar por todas as idades, pelas diversas fases da personagem. Por isso, uma atriz que estivesse entre os trinta e cinco e os quarenta e poucos, a melhor idade na vida de qualquer mulher, seria a melhor escolha. 
 
Esse artifício, simples e não realista, de ter uma atriz de meia-idade vivendo uma mulher de idade que se lembra de todos os seus anos vividos, acentua o discurso libertário da baiana de João Ubaldo. É impossível para quem assiste ficar indiferente à seleção de homens e mulheres que a baiana recorda, como também deixar de lembrar o seu próprio memorial afetivo enquanto ela narra suas aventuras. Tal efeito colateral, talvez, seja a grande experiência sensorial do espetáculo.
 
Fernanda encontrou neste convite o projeto ideal para experimentar a possibilidade de se fazer teatro apenas com um ator, um texto e um microfone. Era uma vontade antiga que a atriz alimentava, desde que assistiu pela primeira vez a Spalding Gray. A contundência do discurso sexual da baiana e a qualidade do texto de João Ubaldo deram segurança aos dois, Domingos e Fernanda, de optar pela limpeza absoluta, de confiar na máxima de que menos é mais. 

 
Ficha Técnica
Texto de João Ubaldo Ribeiro
Com Fernanda Torres
Direção – Domingos de Oliveira
Dramaturgia - Domingos de Oliveira e Fernanda Torres
Direção de arte – Daniela Thomas
Figurino – Cristina Camargo
Light designer - Wagner Pinto
Direção técnica/Operador de som– André Omote
Operador de luz – Diego Diener
Trilha sonora – Jonas Rocha e Domingos de Oliveira
Criação maquiagem – Marcos Padilha
Assistente de direção – Lincoln Vargas
Produtor Executivo –
Projeto Gráfico – Adriana Marinho
Fotografia – Luciana Prezia
Mídias Sociais – Luíza Araujo
Assistência Camarim / Secretária – Elinete Barcellos
Produção – Trígonos Produções Culturais
Co-Produção – Bonarcado Produções Artísticas
Direção de Produção – Carmen Mello

SERVIÇO:
Local: Teatro XP Investimentos
Endereço: Av. Bartolomeu Mitre, 1110-B - Leblon – Rio de Janeiro/RJ
Horário: Sextas e Sábados às 21h - Domingos às 19h
Abertura dos portões: 1h30 antes do espetáculo.
Classificação etária: 18 anos.
Ingressos:  https://teatroxpinvestimentos.com.br/programacao/a-casa-dos-budas-ditosos/ 

BILHETERIA OFICIAL - SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA
Teatro XP Investimentos
Av. Bartolomeu Mitre, 1110-B - Leblon – Rio de Janeiro/RJ
Terça-feira das 13h às 17h
Quarta a sexta-feira das 17h às 21h
Sábados das 13h30 às 21h
Domingos das 13h30 até a hora do espetáculo em cartaz.

Comente com o facebook

Publicidade