Dois anos antes de sofrer assédio de Silvio Santos, Claudia Leitte assediou calouro no The Voice
A cantora ganhou apoio de diversas celebridades, mas não comentou sobre o fato ocorrido em 2016.
Marcio Azevedo Por Marcio Azevedo 13/11/2018
    Compartilhe:

A cantora Claudia Leitte agitou a internet nos último dias.

Durante sua participação no Teleton, ela pediu um abraço a Silvio Santos, que recusou. Ele alegou que ficaria excitado. A cantora então perguntou se ele ficava excitado de euforia, mas recebeu a resposta de que ele ficava “excitado mesmo”. Silvio ainda disse que Claudia Leitte é uma mulher provocante e sensual.

A cantora fez um desabafo em sua conta do Instagram, dizendo que se sentiu constrangida, e logo recebeu o apoio de várias celebridades, cantoras e apresentadoras, que iniciaram a campanha “Mexeu com uma, mexeu com todas”
Surgiram várias postagens, em diversas redes sociais, atacando o dono do SBT e acusando-o de ser um “machista”.

Mas a internet não perdoou: acharam um episódio do programa The Voice, temporada de 2016, onde Claudia Leitte estava avaliando a participação de um calouro, e disse ser “terapeuta”, convidando o rapaz para sentar em seu colo. Ele, visivelmente sem graça com a declaração da cantora, apenas disse que amava muito sua esposa, cortando o assunto.

Da mesma forma que a cantora sofreu assédio no último domingo, e isso é algo que deve ser repudiado, ela também já cometeu assédio, e esse ato também deveria ser repudiado.

Comente com o facebook

Publicidade