Desativação de bombas da 2ª Guerra Mundial causa espanto na Alemanha
Os dois artefatos, uma bomba americana e uma britânica, foram descobertos nesta semana
Os dois artefatos, uma bomba americana e uma britânica, foram descobertos nesta semana
Caio Machado Por Caio Machado 12/01/2020
    Compartilhe:

Duas bombas da Segunda Guerra Mundial foram desativadas após a evacuação de 14.000 pessoas na cidade alemã de Dortmund.

Os dois artefatos, uma bomba americana e uma britânica, foram descobertos nesta semana no distrito hospitalar da cidade. Inicialmente, as equipes especializadas analisaram quatro artefatos suspeitos, mas a análises demonstraram que apenas dois objetos eram explosivos.

Contêineres foram empilhados para bloquear as ruas e funcionar como barreiras com o objetivo de absorver possíveis ondas de explosão na área isolada. Helicópteros da polícia vasculharam as ruas de cima para garantir que os moradores saíssem conforme as instruções.

Ao todo, 14.000 pessoas tiveram que deixar suas casas. Já no sábado, centenas de pacientes e idosos foram transferidos de dois hospitais próximos. Várias centenas de residentes incapazes de ficar com parentes e amigos foram instalados numa escola convertida em centro social. Eles foram liberados logo após o término do descarte das bombas.

Cerca de 300 moradores aceitaram ingressos gratuitos para o zoológico da cidade enquanto aguardavam a operação de desativação. O famoso Museu do Futebol de Dortmund e a principal estação ferroviária da cidade foram fechados a partir do meio-dia.

Porém, estima-se que milhares de explosivos continuem escondidos em solo alemão. Todos os anos, peritos desarmam cerca de 5 mil bombas, além de toneladas de outras munições.

Em 2015, uma bomba não detonada de 250 quilos, de origem britânica, foi encontrada perto do estádio do Borussia Dortmund, o Signal Iduna Park. Tanto o estádio quanto um espaço destinado aos torcedores, o BVB-Fan World, foram evacuados na ocasião até que o artefato fosse desativado.

Comente com o facebook

Publicidade