Coronavírus: Mauricio de Sousa diz Cascão também está tomando banho para combater o vírus
Aos 84 anos, Mauricio de Sousa faz parte do grupo de risco de contaminação da Covid-19 e, de forma bem humorada, disse que está se cuidando
Aos 84 anos, Mauricio de Sousa faz parte do grupo de risco de contaminação da Covid-19 e, de forma bem humorada, disse que está se cuidando
Caio Machado Por Caio Machado 31/03/2020
    Compartilhe:

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, disse que colocou o Cascão para lavar as mãos no combate ao coronavírus com o objetivo de passar uma mensagem positiva e alertar sobre a importância da higiene pessoal no combate à disseminação do vírus. O personagem é conhecido por não gostar de tomar banho e estar sempre "sujinho". Além de lavar as mãos, Cascão, que tem medo de água, também está tomando banho e encomendou até sabonetes.

Ele ressaltou que Cascão ouviu as orientações das autoridades sanitárias para se prevenir contra a doença.

"Não é muito usual, não era muito comum, mas depois dessa pandemia ele ouviu bem o que o pessoal estava falando, ouviu as autoridades sanitárias e resolveu que vai entrar na roda do pessoal que tá se cuidando, se preocupando com a higienização e tá lavando as mãos, mas consta que também está tomando banho", disse o cartunista, em entrevista ao Bom Dia São Paulo.

Em uma imagem publicada na página oficial da história em quadrinhos, Mônica, Cebolinha, Magali e outros personagens da famosa turminha colocam Cascão diante de uma torneira e alertam: "Lavar as mãos salva vidas".

"Já lavaram as mãos? Esta é a principal forma de se prevenir contra o novo coronavírus", destaca o post no Twitter oficial da Turma da Mônica.

Aos 84 anos, Mauricio de Sousa faz parte do grupo de risco de contaminação da Covid-19 e, de forma bem humorada, disse que está se cuidando. "Está tudo bem, eu quero continuar brigando para que possamos, eu e a Turma da Mônica toda, continuarmos passando mensagens positivas, mensagens atualizadas em cima do noticiário que está atualizando e não custa nada a gente continuar com esse processo, esse trabalho com o Cascão do lado. Ele encomendou, inclusive, hoje mais dois sabonetes, deve estar muito bem intencionado".

Além do desenho que viralizou com o momento histórico do personagem da Turma da Mônica, o desenhista diz que também criou um desenho animado e uma cartilha de orientação para o leitor nas redes sociais "A tecnologia está me ajudando a estar com vocês e estou gostando de algumas possibilidades novas que a tecnologia está me mostrando nessa emergência."

Mauricio diz que teve que se reinventar para continuar atraindo o interesse do público durante décadas. "Estou desenhando há 60 anos e história em quadrinhos é uma atividade que exige criatividade, que exige que você se reinvente, que exige que você venda novidades porque o público se renova", afirmou.

Comente com o facebook

Publicidade