Como decorar a casa, segundo o feng shui
Anote essas dicas essenciais para nos sentirmos mais felizes em casa.
Anote essas dicas essenciais para nos sentirmos mais felizes em casa.
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 16/11/2019
    Compartilhe:

Com origem na China há pelo menos três mil anos, a arte do feng shui estuda a influência do espaço no nosso bem-estar e a forma como os locais onde vivemos e trabalhamos se refletem no modo como nos sentimos.

Trata-se de uma técnica milenar que diz respeito a energia vital que circula dentro de um ambiente, podendo ser o seu local de trabalho e até mesmo a sua casa. É uma técnica bastante complexa e que acaba tendo efeito em todos os aspectos da sua vida! 

Na hora de decorar a casa, tenha estes princípios em mente. 

1) Jogar fora o que não nos faz falta

É importante fazer uma seleção entre o que precisamos e o que já não usamos. O que guardamos deve ser um espelho de quem somos, do que gostamos e do que queremos.

2) Encostar a cama à parede do quarto 

Nos princípios do feng shui, a posição da cama é fundamental para a qualidade e tranquilidade do sono. Esta deve ser encostada numa parede sem janelas e não deve ser a separação entre o quarto e o banheiro – a canalização perturba a energia e pode afetar o nosso cansaço. Os pés da cama não devem estar diretamente de frente para a porta e, enquanto estamos deitados, devemos conseguir observar todo o quarto, para obter uma sensação de maior controle e proteção. O mesmo serve para os sofás da sala.

3) As plantas são fundamentais

Se vive numa grande cidade é essencial ter em casa uma ligação com a natureza. As flores e as plantas trazem energia positiva e purificam o ar. 

4) Fotografias da família e amigos por todo o lado

Elas contribuem para tornar o espaço mais familiar e confortável. 

5) Escolha materiais naturais

Prefira sempre as fibras naturais como o algodão e o linho e evite o poliéster. Também a madeira, a cortiça, o barro e a porcelana contribuem para criar um ambiente mais confortável, ao contrário do que acontece com os materiais sintéticos, que não contribuem para o bom fluxo de energia da casa.

Comente com o facebook

Publicidade