Carlos Bolsonaro rebate crítica de jornalista esportivo em rede social
Veja abaixo:
Veja abaixo:

Créditos do fotógrafo Reprodução

Daiane Siquelli Teófilo Por Daiane Siquelli Teófilo 10/10/2018
    Compartilhe:

O Vereador do RJ Carlos Bolsonaro (PSC) é filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) que está concorrendo o segundo turno contra Fernando Haddad (PT). Na última terça-feira (9) o presidenciável que costuma receber muitas perguntas em suas redes sociais, aonde a 'onda pró-bolsonaro' é fortissima. Recebeu uma "Pergunta/Crítica" do jornalista esportivo André Rizek.

No mesmo dia, Jair tinha se pronunciado através das redes dizendo que seu adversario falou que vai combater o encarceramento e soltar criminosos da cadeia. Mas que a preocupação e prioridade do governo de Jair são as pessoas de bem. Aonde ele tem dito desde sempre, que prefire uma cadeia lotada de criminosos do que um cemitério lotado de inocentes. E Se faltar espaço, a gente constrói mais.

Então o jornalista esportivo André Rizek deu uma replica ao pronunciamento de Jair Bolsonaro falando "Candidato, respeitosamente pergunto se não seria melhor para o país construir mais escolas em vez de prisões..." Foi ai então que Carlos Bolsonaro resolveu sair em defesa do pai, que em momento nenhum disse que não construiria mais escolas, mas que ele estava se referindo ao adversario que soltaria os presos a fim de 'evitar super lotações' "Gostaria de daber onde está escrito que é proibido fazer os dois e onde ele teria dito que não faria os dois? Basta analisar e não ser sempre parcial!" Disse o filho do presidenciavel atraves da rede social.

André Rizek continuou debatendo falando que não estava especifico no post de Bolsonaro o desejo de construir os dois, foi ai então que os internautas interviram e sairam em defesa de Bolsonaro: "ANDREZINHO, O PT QUE VOCÊ SEMPRE DEFENDEU FICOU 14 ANOS NO PODER E A CRIMINALIDADE SÓ AUMENTOU... COMO EXPLICAR ISSO???" Rebateu um internauta

"Por falta de oportunidade?Tu já entrou numa favela @andrizek , sabe como são as coisas lá? Sou nascido e criado em favela, já foi a época que o cara cometia crimes por falta de oportunidades, hj é por status. Não querem trabalhar, querem tudo fácil, tirando do homem trabalhador." Esclareceu outro.

Comente com o facebook

Publicidade