Câmera de reconhecimento óptico são usadas em Operações do DETRAN Seguro
No primeiro mês de operação Detran Seguro mais de 23 mil veículos foram vitoriados e 947 autos de infração aplicados (569 na Região Metropolitana e 378 nas outras regiões do Estado). 
No primeiro mês de operação Detran Seguro mais de 23 mil veículos foram vitoriados e 947 autos de infração aplicados (569 na Região Metropolitana e 378 nas outras regiões do Estado). 
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 15/05/2019
    Compartilhe:

A tecnologia sta sendo utilizada para saber se você anda ou não pagando seu IPVA. A Operação Detran Seguro, iniciada há um mês, com o apoio de câmeras OCR, que permitem o reconhecimento óptico de caracteres das placas, fazendo com que seja possível selecionar previamente os veículos que serão abordados. A tecnologia tem contribuído para garantir mais agilidade ao trabalho de fiscalização que substituiu a vistoria anual veicular, além de minimizar os efeitos das blitzes no trânsito.

Um carro equipado com a câmera identifica pela placa se o veículo ou proprietário tem alguma pendência com o Departamento de Trânsito. O agente é alertado por meio do uso de smartphones.

– Os agentes dão prioridade aos veículos que apresentam irregularidades captadas pelas câmeras inteligentes,

que fazem uma checagem automática na base de dados do Detran. Se o veículo é roubado,

se o veículo está com licenciamento atrasado, entre outras irregularidades, o sistema alerta a equipe da operação.

O informe aparece com uma coloração diferente no aparelho de celular – explicou o Analista de Gestão de Planejamento

da Coordenadoria de Fiscalização do Detran-RJ, Marcus Moreira.

No primeiro mês de operação Detran Seguro mais de 23 mil veículos foram vitoriados e 947 autos de infração aplicados (569 na Região Metropolitana e 378 nas outras regiões do Estado). 

Nas 46 operações realizadas (30 na Região Metropolitana e 16 nos demais municípios) apenas 330 veículos, que não se encontravam em condições de circular, foram removidos. Os demais foram liberados após o condutor solucionar o problema no local ou tiveram o CRLV retido para ser devolvido no posto do Detran após a solução do problema apontado. A maioria das multas aplicadas foi por falta de licenciamento dos veículos (256) e má conservação (116). A Operação Detran Seguro visitou 17 municípios, além do Rio. Na capital, a operação foi realizada em 11 bairros.

Comente com o facebook

Publicidade