Ator de Guardiões da Galáxia diz que fará próximo filme obrigado: 'me dá náuseas'
Ator se revoltou após a demissão de James Gunn da direção
Ator se revoltou após a demissão de James Gunn da direção

Créditos do fotógrafo Reprodução

Bruno Alexandre Por Bruno Alexandre 06/08/2018
    Compartilhe:

Continua rendendo a demissão de James Gunn da direção de  Guardiões da Galáxia 3. Após o elenco divulgar uma carta aberta pedindo a recontratação de Gunn, o ator Dave Bautista se revoltou novamente nas redes sociais e criticou a Disney.

"Eu farei o que estou legalmente obrigado a fazer, mas Guardiões da Galáxia sem @JamesGunn não é o projeto que eu assinei para fazer. E Guardiões da Galáxia sem o @JamesGunn simplesmente não é Guardiões da Galáxia. É também muito nauseante trabalhar para um estúdio que viabilizou uma campanha de difamação dos fascistas cybernazis. É assim que me sinto.", ele tuitou.

A comoção dos fãs e o recente pedido assinado em carta aberta pelo elenco, no entanto, não surtiu nenhum efeito no caso, pois de acordo com a Variety, a Disney não voltará atrás na demissão do diretor e sequer se preocupa com a possibilidade de atores como Chris Pratt e Zoe Saldaña abandonarem a franquia do filme. A empresa está confiante que a dupla retornará para o terceiro filme sem grandes problemas.

 

Entenda o caso e leia a carta aberta assinada por todo o elenco da franquia:

O astro e protagonista da franquia 'Guardiões da Galáxia', Chris Pratt, publicou em seu Instagram pessoal uma carta aberta pedindo o retorno de James Gunn ao posto de diretor do filme.

O texto, que está assinado por todo o elenco da saga, foi postado com a seguinte legenda escrita por Pratt:

"Embora eu não apoie as péssimas piadas de James Gunn feitas há anos, ele é um homem bom. Eu pessoalmente adoraria vê-lo reintegrado como diretor do Volume 3. Por favor, leia a seguinte declaração assinada por todo o nosso elenco.", ele firma.

No texto, o elenco elogia e agradece o diretor por ter trazido o mundo dos Guardiões às telonas, além de deixarem claro que apoiam Gunn e que o terceiro e último filme não será o mesmo sem a visão e a presença dele.

"Nós estamos dando todo o apoio a James Gunn. Ficamos todos muito chocados com a repentina demissão e esperamos esses dez dias para nos posicionarmos para podemos pensar, rezar, ouvir e discutir sobre o ocorrido. Nesse tempo, nos encorajamos com o grande apoio dos fãs e membros da mídia que desejam ver James voltando como diretor de [Guardiões  da Galáxia] Volume 3, e também fomos desanimados por aqueles tão facilmente enganados que acreditaram nas muitas teorias de conspiração extravagantes sobre James.

Estar nos filmes dos Guardiões é uma honra para cada um de nós. Não podemos deixar esse momento passar sem demonstrar nosso amor, apoio e gratidão por tudo que James fez por nós. Não estamos aqui para defendê-lo de suas piadas, feitas há muitos anos, mas queremos compartilhar a nossa experiência em passar tantos anos com ele nos sets de filmagens.

A forma que ele se mostrou após sua demissão é consistente com o homem que ele era todos os dias nos sets, e seu pedido de desculpas, tanto de agora como o de anos atrás, quando falou pela primeira vez sobre essas piadas, acreditamos que é do coração."

Comente com o facebook

Publicidade