Ator Caio Junqueira morre após acidente de carro no RJ
O ator não resistiu aos ferimentos e veio a falecer nesta quarta-feira (23)
O ator não resistiu aos ferimentos e veio a falecer nesta quarta-feira (23)

Créditos do fotógrafo Direitos Reservados

Hebert Neri Por Hebert Neri 23/01/2019
    Compartilhe:

Morreu nesta quarta-feira, aos 42 anos, o ator Caio Junqueira. Na semana passada, ele foi vítima de um acidente de carro no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro. O intérprete do policial Neto do filme "Tropa de elite" (2007) foi levado para o Hospital Miguel Couto, aonde veio a falecer. 

Caio ficou nacionalmente conhecido por diversos papéis de destaque na televisão. O ator estreou na Globo, em 1990. Neste ano, realizou dois trabalhos na emissora: a minissérie "Desejo" e a novela "Barriga de aluguel". Quatro anos depois, fez sua segunda novela, "A viagem", seguida pelas séries "Engraçadinha" (1995), "Hilda Furacão" (1998) e "Chiquinha Gonzaga" (1999, O Clone (2001), O Quinto dos Infernos (2002) e Paraíso Tropical (2007).

Na Record TV, integrou o elenco das novelas Escrava Isaura (2004), Ribeirão do Tempo (2010), José do Egito (2013), Milagres de Jesus (2014). O trabalho mais recente de Caio Junqueira foi na série O Mecanismo, da Netflix, de 2018.

O acidente aconteceu enquanto Caio dirigia sozinho pelo Aterro do Flamengo, em direção ao Centro da cidade, e perdeu o controle do carro, que subiu o meio-fio, bateu numa árvore e capotou. Com duas fraturas expostas, seria operado hoje, mas os médicos decidiram esperar um pouco.

Caio era filho do ator Fábio Junqueira (1956/2008) e irmão de Jonas Torres, conhecido como o Bacana da série "Armação ilimitada" (1985/1988). Aos 9 anos, Caio deu os primeiros passos na carreira artística na série "Tamanho família" (1985/1986), da extinta Rede Manchete.

 

Comente com o facebook

Publicidade