Aqua Rio faz 3 anos - Shows gratuitos de música, além de sorteio de brindes
Com mais de 3,3 milhões de visitantes, atração comemora o aniversário em 9 de novembro como um dos pontos turísticos mais visitados da cidade e com pesquisas científicas reconhecidas em todo o mundo
Com mais de 3,3 milhões de visitantes, atração comemora o aniversário em 9 de novembro como um dos pontos turísticos mais visitados da cidade e com pesquisas científicas reconhecidas em todo o mundo
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 06/11/2019
    Compartilhe:

No sábado agora, 09 de novembro, data em que comemora 3 anos, o AquaRio oferece um presente aos visitantes.

Haverão shows gratuitos de banda de pop rock The Falls e do cantor Israel Nogueira, tudo como parte das comemorações, que começam às 10h, no lobby. Neste dia, haverá também sorteio de brindes, como o mergulho de flutuação no Grande Tanque Oceânico, entre outros. 

Às 16h, Zé Tubarino — o famoso mascote do AquaRio — festeja os parabéns e distribui bolo aos visitantes que estiveram no local.  

O Aquário Marinho do Rio tem motivos de sobra para comemorar. Desde a sua abertura, em 2016, mais de três milhões e 300 mil visitantes passaram pelo circuito de 28 tanques e puderam ver de perto os mais de 5 mil animais de 350 espécies dos mares do mundo todo. Mas os números impressionantes não param por aí: são quase 30 pesquisas em parceria com universidades nacionais e que são reconhecidas pela comunidade científica internacional. 

Ao olhar a história do AquaRio, o sentimento é de orgulho. Por aqui temos colaboradores que são apaixonados pela vida marinha e que ajudam a engajar os visitantes a ter este mesmo sentimento. É impossível passar pelo circuito e ver toda a exuberância da biodiversidade marinha e ficar indiferente”, diz Marcelo Szpilman, biólogo marinho e diretor presidente do AquaRio, que este ano, lançou um livro contando a trajetória para concretizar a atração.  

Em prol da conservação  

Além de ser um dos pontos turísticos mais visitados da cidade do Rio de Janeiro, o AquaRio colocou o Brasil como referência na conservação de diversas espécies marinhas. As raias-borboletas (Gymnura altavela), ameaçadas de extinção, conseguiram se reproduzir, pela primeira vez, em cativeiro.  

 

Outras espécies também tiveram filhotes, como as raias-prego (Dasyatis hypostigma), as raias-ticonha (Rhinopetera bonasus) e os cavalos-marinho (Hippocampus). São esperadas também as reproduções completas dos tubarões-leopardo (Stegostoma fasciatum) e dos tubarões-lixa (Ginglymostoma cirratum). 

A moradora mais famosa do Grande Tanque Oceânico, Margarida, tubarão da espécie Mangona (Carcharias taurus) entrou em período reprodutivo e é grande a expectativa para que os machos (Donald e Gastão) possam acasalar com ela.  

Em prol da educação 

Educar o público por meio de experiências transformadoras é um dos principais pilares do Aquário Marinho do Rio. Em 2019, a atração levou o visitante a conhecer de perto o lar de 18 tubarões e de milhares de outros animais através  do mergulho de flutuação (snorkeling). Na atividade, é possível interagir de forma amistosa com os animais e reconhecer a importância da conservação da biodiversidade marinha. 

As exposições também fazem parte do conteúdo educativo. A segunda edição da Shark Week — realizada em julho — trouxe mais informações sobre o comportamento dos tubarões, ajudando a desmitifica-lo. No momento, a mostra “Ilhas Brasileiras” faz o público conhecer os ecossistemas de ilhas e arquipélogos brasileiros, como Fernando de Noronha (PE), Atol das Rocas (BA), Trindade (ES), Abrolhos (BA), Cagarras (RJ), entre outros. 

Em prol das pessoas com deficiência 

Este ano, o AquaRio desenvolveu visitações exclusivas, dedicadas às pessoas com deficiência visual e comunidade surda, através do projeto “Sentir para amar”, com o objetivo de tornar o turismo acessível a todos os públicos.  

Durante as visitas para a comunidade surda, o Aquário Marinho do Rio disponibilizada intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Já nas visitas mediadas para deficientes visuais, o ambiente é adaptado com objetos táteis e há educadores auxiliando com audiodescrição dos tanques e animais para melhorar a experiência dos visitantes. 

Um aquário cultural  

O AquaRio também se prepõe a trazer ao público conteúdos culturais. A exposição temporária do Museu de Cera Dreamland — que ficará em cartaz até dezembro — trouxe 30 estátuas, em tamanho real, de personalidades e personagens do cinema.  No acervo, o conteúdo educativo não foi esquecido: estão presentes estátuas do oceanógrafo Jacques Cousteau, além de uma réplica do tubarão Mangona Margarida e a da arcada dentária do Megalodon, já extinto e que viveu há milhões de anos no Oceano Pacífico.  

 

 O AQUARIO EM NÚMEROS  

·            Mais de 3, 3 milhões de visitantes; 

·          Mais de 250 mil alunos de mais de 3 escolas públicas e privadas já passaram pelo AquaRio. Estudantes de escolas públicas entraram de graça na atração; 

·          Primeiro aquário no mundo a receber a certificação “Friend of the Sea”, que atesta instituições que prezam pela sustentabilidade marinha, e a primeira instituição no Brasil a receber a Certificação em Bem-Estar Animal.

 

INGRESSOS E PASSAPORTES  

A venda de ingressos e passaportes estão disponíveis pelo site https://ingressos.aquariomarinhodorio.com.br/  e também na bilheteria do AquaRio.    

  

INGRESSOS AVULSOS  

A partir de R$ 60 (crianças de 3 a 11 anos - brasileiros e estrangeiros; jovens de 12 a 21 anos (brasileiros); estudantes (brasileiros); pessoas com mais de 60 anos (brasileiros) e pessoas com deficiência (brasileiros e estrangeiros)  

·             R$ 60 (moradores e pessoas nascidas no Estado do Rio de Janeiro)  

·                R$ 90 (turistas brasileiros)    

·                R$ 100 (cidadãos do Mercosul)  

·              R$ 120 (ingresso individual estrangeiros que não se enquadrem nas modalidades acima)  

·                   Grátis - Crianças menores de 3 anos  

 

SERVIÇO  

Praça Muhammad Ali, Gamboa (em frente aos Armazéns 7 e 8 do Porto do Rio)  

Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h (com entrada no circuito até 17h) 

Comente com o facebook

Publicidade