Após acusações de assédio, filme de Woody Allen pode não ser lançado
Com mais de 50 anos de carreira no cinema, o diretor Woddy Allen pode ter perdido credibilidade
Com mais de 50 anos de carreira no cinema, o diretor Woddy Allen pode ter perdido credibilidade

Créditos do fotógrafo Reprodução

Bruno Alexandre Por Bruno Alexandre 30/01/2018
    Compartilhe:

Segundo a imprensa americana, o filme dirigido por Woody Allen e protagonizado por Selena Gomez, A rainy day in New York, que está em processo de pós-produção segundo o site IMDB pode não chegar às telas. Isso porque, a Amazon, que era encarregada por distribuir o filme, recusa-se a disponibilizar o título devido ao fato de o diretor ter sido acusado de assédio sexual.

Com mais de 50 anos de carreira no cinema, o diretor Woddy Allen pode ter perdido credibilidade, devido a acusação de ter cometido assédio sexual,  sendo denunciado pela própria filha adotiva Dylan Farrow. Algumas estrelas não querem mais estar no elenco de suas produções.

Desde outubro  grandes nomes da indústria cinematográfica, como o produtor Harvey Weinstein e o ator Kevin Spacey, foram acusados de assédio sexual. Além disso, as mulheres do universo do entretenimento se organizaram e plataformas foram criadas para ajudar na disseminação da e luta contra o assédio, não só no meio audiovisual.

Comente com o facebook

Publicidade