Alguns alimentos detox para emagrecer e limpar o organismo
Fim de ano e a maioria "enfia o péna jaca" e agora quer contornar a situação. Como podemos tentar limpar o organismo?
Fim de ano e a maioria
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 26/12/2019
    Compartilhe:

Natal é sinônimo de união, família e claro de muita comida (e algum álcool). Exagerou? Quem nunca…não é?? rsrs.  Agora, bateu um certo arrependimento e consciência pesada .... está na hora de apostar na hidratação e em alimentos que ajudam a desintoxicar.

A ideia após estas  épocas, é reduzir a ingestão dos alimentos que sobrecarregam o organismo e focar em opções antioxidantes, anti-inflamatórias e diuréticas, dizem os nutricionistas

Veja os alimentos e substâncias 'campeões' sugeridos pelos profissionais, especializada em detox e nutrição funcional.

1. Chás diuréticos e protetores do fígado

Quanto: 1 litro ao longo do dia.

Dente de leão, cavalinha, camomila, cidreira, hortelã, boldo e chá da casca do abacaxi.

‘'O chá de camomila é excelente para diminuir a fome porque acalma não só o sistema nervoso central, mas a mucosa gástrica”, conta Andrezza. Boldo é indicado para desintoxicar o fígado. “Quanto mais amargo, melhor. Nesta época do ano o fígado está muito sobrecarregado. Tudo passa constantemente por este órgão: a gordura, o açúcar e o álcool das bebidas. É importante num processo de desintoxicação beber chás que melhoram a saúde hepática e tiram o peso desse órgão”, completa a especialista.

2. Cúrcuma

Tem efeito anti-inflamatório e hepatoprotetor (protege o fígado). Também é um potente antioxidante.

Quanto: 1 colher (chá) por dia em sucos, chá, na sopa, nos legumes refogados, no feijão.

3. Gengibre

Trata-se de um anti-inflamatório natural e antioxidante. Tem um efeito altamente termogênico e, por isso, acelera o metabolismo, ajudando na digestão e no emagrecimento.

Quanto: um pedaço (2 centímetros) por dia num suco verde.

"Uso muito a cúrcuma, o gengibre e a pimenta caiena como temperos antibarriga: têm um poder anti inflamatório muito importante. Nota a redução de gordura abdominal das pacientes que fazem uso constante”, conta Andrezza.

4 . Frutas antioxidantes, diuréticas e ricas em enzimas digestivas

Uvas, ameixa e melancia: são antioxidantes (combatem os radicais livres) e contribuem também para a saúde da pele. "A intoxicação manifesta-se muito pela pele, na forma de acne, aftas”, conta Andrezza. "Evite comprar a melancia cortada pelo risco de contaminação por manipulação e porque é muito perecível. Opte pela versão mini”, sugere a nutricionista. 

Outras boas opções:

Melão: diurético.

Abacaxi: rico em bromelina, enzima que facilita a digestão.

Mamão: contém papaína, mais uma enzima digestiva.

Maçã, pera, ameixa ou pêssego: “Costumo sugerir frutas com casca comestível, para reduzir o índice glicêmico”, explica a nutricionista. 

Quanto: 3 porções por dia.

5. Vegetais verde escuros

Couve, espinafres, rúcula, chicória e agrião. “Os verde-escuros são ricos em MSM (metil sulfanil metano) que é um medicamento natural para o fígado”, conta a nutricionista. Outras sugestões: a acelga é rica em cálcio. A rama da cenoura pode ser usada para temperar (como se fosse salsa) ou no próprio suco verde. As folhas do brócolis também podem ser usadas no suco: são ricas em nutrientes desintoxicantes. O pepino também é um alimento extremamente diurético. 

Quantidade: um prato de sobremesa por dia.

Comente com o facebook

Publicidade