Estamos passando por uma semana com chuva de meteoros
O principal fator para a observação são as condições climáticas.
O principal fator para a observação são as condições climáticas.
Ricky Rocha Por Ricky Rocha 11/08/2020
    Compartilhe:

Estamos passando por uma semana com chuva de meteoros das Perseidas, ela esta atingindo seu ponto máximo de atividade, proporcionando uma bela oportunidade de ter uma noite bem especial.

O QUE SÃO PERSEIDAS ?

As Perseidas ou Perséiades são uma prolífica chuva de meteoros associada ao cometa Swift-Tuttle.

São assim denominadas devido ao ponto do céu de onde parecem vir, o radiante, localizado na constelação de Perseus. ...

A nuvem consiste em partículas ejetadas pelo cometa durante a sua passagem perto do Sol.

No Brasil, o show das estrelas começou na madrugada desta terça-feira (11) e será possível acompanhar o fenômeno nas noites desta semana. 

Preparem o jantar um pouco mais cedo e reúnam a família, pois este pode ser uma ocasião que marcará este mês de agosto para os aficionados pela observação do céu noturno.

COMO OBSERVAR

Especialistas afirmam que essa constelação, é do hemisfério norte e, por isso, quanto mais ao norte estiver o observador, melhor será a visualização.

Na região sudeste será preciso olhar para o horizonte norte na madrugada, antes de começar a clarear, a partir das 4h, aproximadamente. Observadores nas regiões Norte e Nordeste verão eles mais altos no céu.

O ideal é escolher um lugar com pouca ou nenhuma iluminação artificial e com o horizonte norte desimpedido, sem prédios, árvores ou morros. O melhor é ficar no escuro para acostumar as pupilas à pouca luz.

A taxa esperada de meteoros é de 40 a 50 por hora, em condições ideais. Isso significa uma média de um meteoro a cada minuto e meio.

Para observar chuvas de meteoros o melhor é usar apenas os olhos, pois os meteoros são muito rápidos no céu, telescópios ou binóculos, na verdade, mais atrapalham do que ajudam. Os fotógrafos que têm equipamento que pode ser ajustado para imagens noturnas podem conseguir belas imagens com muitos meteoros aparecendo se ajustarem o equipamento para tempo de exposição grande, de vários minutos.

O principal fator para a observação são as condições climáticas.

A época do ano é indiferente. Como as condições meteorológicas aqui no sudeste serão boas nas próximas noites, o tempo não deverá ser um problema. Por outro lado, a Lua está hoje no quarto minguante, o que significa que vai nascer no meio da noite e estar alta no céu na madrugada, com metade de seu disco iluminado. Isso pode atrapalhar a visualização dos meteoros mais fracos.

Comente com o facebook

Publicidade